Grupo no Telegram
Grupo no zap

Moradores denunciam corte irregular de árvores nos bairros do Méier e Lins

Moradores enviaram ao portal Mais Méier imagens de podas irregulares

Por André Uchôa em 10/10/2020 às 20:08:39
Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Os moradores dos bairros Méier e Lins de Vasconcelos, na Zona Norte do Rio, têm denunciado podas e cortes irregulares de árvores em diversas ruas da região. Neste sábado (10), por exemplo, os moradores da rua Conselheiro Ferraz, no Lins, foram surpreendidos com a Light - concessionária de energia elétrica - podando uma árvore, que segundo moradores não tinha autorização da prefeitura.

Ainda segundo os moradores, que enviaram as denuncias ao portal Mais Méier, os cortes e podas estão acontecendo quase que diariamente na região. Na última semana, agentes da Light podaram uma árvores na Rua Lins de Vasconcelos.

Leia mais:

Galhos de árvore encostam em fiação de poste e moradores do Méier temem choques elétricos - Mais Méier

"Estamos realizando inúmeras reclamações na central 1746 da prefeitura. Eles cortam toda árvore e deixam somente o tronco. Fora que a poda é surreal. Eles não mantém o padrão original e muito menos há replantio", relata a moradora do Lins, Cristiane Montan.

Poda de árvore feita pela Light - Foto enviada ao portal Mais Méier

Nossa reportagem recebeu dos moradores imagens de galhos e uma árvore totalmente arrancada na rua Doutor Ferrari, que segundo a população foi feita pela Comlurb. "Numa época em que o calor se intensifica, pessoas e Estado colaboram com a destruição do meio ambiente. Lamentável. Será que terá replantio de outra árvore?", aponta Débora Cassimira em sua postagem no facebook.

Por conta das inúmeras ações de poda, o receio de alguns moradores é também com as árvores da rua Isolina, no Lins, por conta dos ninhos de maritacas.

SITUAÇÃO ALARMANTE NO MÉIER

No Méier a situação também é alarmante. Moradores registraram inúmeras árvores que foram cortadas ao meio, deixando apenas o tronco, e outras que foram totalmente retirada do local. Morador do bairro, Jamil Jorge, tem usado suas redes sociais para cobrar uma posição da prefeitura que há anos promove essas ações.

"Essa situação tem me indignado, pois na maioria das vezes não temos uma resposta da Comlurb sobre o real motivo da poda drástica e não temos o replantio."


Antes e depois da rua Vinte e Quatro de Maio - IMG Jamil Jorge

Além de cobrar mais árvores para o bairro, Jamil tem feito a sua parte e colocado a mão na massa. O morador tem plantado árvores em diversas ruas e sempre conscientizando a população sobre a importância da árvore no meio ambiente como também o cuidado com o plantio e irrigação.

"Como morador do Méier comecei a ver as pessoas andar no sol quente e muitas das vezes passando mal, pois não tinha uma sombra para parar um pouco pra descansar. Foi aí que vi que tinha lugar para plantar mais árvores, mas o Poder Público, ao invés de plantar, acimentava. A partir disso que comecei a ver que poderia fazer a diferença plantando algumas mudas e quem sabe ajudar a melhorar a região. Realmente deu tudo certo", conta Jamil.



Comunicar erro

Comentários