Grupo no Telegram
Grupo no zap

Estado do Rio terá Calendário Único de Vacinação

Governador cedeu entrevista coletiva, nesta terça-feira (30) para anunciar o projeto, que não será obrigatório. Decreto com os detalhes e regras ainda não foi publicado

Por Portal Mais Méier em 30/03/2021 às 13:05:46
Fotos Luis Alvarenga

Fotos Luis Alvarenga

O governador em exercício do Rio, Cláudio Castro, anunciou nesta terça-feira (30) que o estado terá um Calendário Único de Vacinação. O decreto com detalhes do projeto não foi publicado, mas durante a coletiva de imprensa no Palácio Guanabara, Castro afirmou que o calendário não será obrigatório aos municípios

Na entrevista, o governador anunciou que três setores vão ser considerados prioritários e passarão a ser vacinados:

  • profissionais de Saúde que ainda não foram vacinados
  • profissionais das forças de segurança (estaduais e federais)
  • profissionais de educação

A previsão é que o calendário será unificado no dia 17 de abril, onde todos os municípios irão vacinar idosos com 65 anos. O calendário que será divulgado deverá conter as seguintes regras:

  • 31 de março - início da vacinação de bombeiros (quartéis)
  • Até dia 10 de abril - vacinação de profissionais de saúde de todas as idades
  • 12 de abril - inicio da vacinação de forças de segurança (agentes federais e estaduais)
  • 17 de abril - início da unificação de todos os municípios, com idosos de 65 anos

O comentarista Edimilson Ávila apurou que o calendário deve ser unificado no dia 17 de abril, com todos os municípios vacinando idosos de 65 anos.

A declaração de Castro foi feita em uma entrevista coletiva anunciada para lançar o Calendário Único de Vacinação no estado. O decreto ainda não foi publicado e, durante a entrevista, Castro afirmou se tratar de um "balizador", que não será obrigatório aos municípios.


Comunicar erro

Comentários